[Especiais] Percy Jackson Completa 22 Anos

by - terça-feira, agosto 18, 2015

Percy Jackson


Quem é a pessoa que vai dizer que nunca ouviu falar de Percy Jackson? O protagonista da sensacional saga do autor Rick Riordan?

Exatamente, ninguém. Você pode até não ter lido – o que eu total recomendo ler -, mas com certeza já ouviu falar do filho de Poseidon, que hoje, 18 de agosto, completa seus vinte e dois anos e em sua homenagem faremos um post sobre ele.

Para quem não conhece, começamos a acompanhar a saga em o Ladrão de Raios onde nos é apresentado esse garoto de 12 anos que sofre de TDAH e dislexia além de ser bastante problemático e ser expulso de várias e várias escolas. Para quem está perguntando, o fato de Jackson ter 12 anos não faz desse livro um livro para crianças, não só a escrita é fantástica e contagiante como o protagonista também tem uma mente muito mais avançada e hilária para ser taxada como “livro para crianças”.

Retornando, Percy e seu melhor amigo Grover – que mais tarde descobrimos não é apenas um sátiro, como também um “protetor” – estão numa excursão da escola deles quando Jackson é atacado por sua professora odiosa que se transforma numa Fúria, uma criatura mitológica. E como se as coisas não fossem estranhas o bastante, após derrotar ela com sua caneta que se transformou em espada, o filho de Poseidon percebe que todos fazem de conta que nada daquilo aconteceu e começa a pensar se ele realmente não viu coisas.

Mas claro, como se não bastasse o mocinho não conhece seu pai biológico – detalhe enorme para este livro, porque mais tarde vamos descobrir quem é o pai dele -, mas tem um padrasto de cheiro horroroso e mal educado que vive com ele e sua amada mãe, Sally Jackson. Após brigar com seu padrasto certa noite, ambos vão para uma viagem juntos em Montauk que é uma praia onde eles costumavam passar as férias desde que Percy é criança.

Mas a caminho de lá o tempo começa a ficar péssimo e após contar a ela o que tinha visto mais cedo com Grover – três velhinhas cortando um fio -, Sally juntamente com Grover levam Percy para o chamado: Acampamento Meio Sangue.

Obviamente a vida de Jackson não é tão fácil, mal descobre que seu melhor amigo é um sátiro e seu pai é um deus grego, ele também é atacado pelo Minotauro – aquele mesmo do labirinto – que sequestra a sua mãe.

Ao acordar, dentro do acampamento ele conhece Annabeth Chase, a filha da deusa Atena, descobre que seu professor é um centauro, é reclamado como filho de Poseidon e acusado de roubar o Raio Mestre de Zeus e ter apenas dez dias para devolver ao Monte Olimpo para impedir uma guerra entre os deuses além de ter que resgatar a sua mãe das mãos do deus Hades.

Esse é apenas um começo agitado de uma saga que conquistou milhões de pessoas ao redor do mundo, com humor, aventura e mitologia misturadas e contadas através do herói, Percy Jackson.

“– Você não vai tentar nada de estúpido durando o ano escolar, vai? Pelo menos... não sem me mandar uma mensagem de Íris?
Consegui sorrir.
- Não vou procurar encrenca. Normalmente eu não preciso.
Percy Jackson e o Ladrão de Raios.”
Nos surpreendendo a cada página Rick Riordan pelo ponto de vista de Percy, nos apresenta a mitologia grega como nunca vista antes mostrando seres mitológicos, titãs, deuses gregos, deuses menores, ninfas e pegásos tendo finais que apenas nos deixam mais ansiosos para o próximo livro.
Vemos o cabeça de alga, Annabeth e seus amigos crescerem como pessoas, passando por variados testes de coragem e de amizade nos cativando a todo momento e nos fazendo esperar por mais e mais. Cinco livros não é o bastante para tudo que queremos, é mesmo com o último livro que tem um fechamento da saga quase perfeito, necessitamos de mais.

E esse é apenas um pouco de uma saga fantástica e uma das minhas favoritas. Percy Jackson é um protagonista sarcástico e hilário que prende você do começo ao fim de cada um dos livros onde somos jogados de uma forma diferente na mitologia grega onde Rick traz ela para a atualidade como o fato do Monte Olimpo se mover conforme onde centro da civilização se localiza e aprendemos um pouco mais sobre ela a cada página. Vemos nosso protagonista crescer a cada ano, sendo jogado em mares com sereias, em labirintos que parecem não ter fim, em guerra entre titãs e amigos, em conhecer deuses gregos que se vestem como motoqueiros ou surfistas, vemos a amizade dele com Annabeth se transformar em algo a mais e nos apaixonamos pelo casal que lutam um pelo outro e lutam também para proteger o mundo. Apaixonamo-nos em cada linha por esses personagens, pela história e por todo o mundo que Rick Riordan nos deu o prazer de apresentar.

E é quando menos esperamos que somos jogados para o que eu chamo de segunda parte da saga: Os Heróis do Olimpo. Tecnicamente, é uma saga diferente, com novos personagens onde se mistura tanto a mitologia grega quanto a romana e onde o aniversariante de hoje já tem 17 anos. Não vou falar muito sobre ela por conta de spoilers, contudo se você leu Percy Jackson não devia sequer pensar duas vezes antes de ler os Heróis do Olimpo e matar as saudades do semideus mais amado de todos os tempos.

Curiosidade: O Ladrão de Raios e Mar de Monstros, dois primeiros livros da saga, receberam suas versões cinematográficas, sendo o primeiro lançado em 2005 e o segundo em 2013.

Como uma grande fã dos livros, tenho que dizer que os filmes são totalmente... Broxantes, não que sejam ruins, longe disso. Os filmes têm aquele tom de aventura e mitologia retratados de uma forma parecida com as dos livros: hilariantes e contagiantes. Contudo, se você leu o livro saberá que os filmes são apenas uma sombra borrada em uma areia de praia logo antes das ondas passarem por cima, ou seja, é bom até o momento que você compara com os livros e tudo vai por água abaixo.

Mesmo assim, ainda recomendo os filmes tanto pelo fato de Logan Lerman estar presente quanto pelo fato de ser um filme que faz você viajar e ter um gostinho do que o mundo de Percy Jackson é.


You May Also Like

0 comentários

Olá pessoal! Sejam bem vindos à nossa seção de comentários, a opinião de vocês é de extrema importância para nós e vamos adorar ler cada comentário, mas claro, nunca se esqueçam de que gentileza gera gentileza ♥