[Resenha] Misery

by - segunda-feira, agosto 01, 2016




Paul Sheldon descobriu três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após emergir da nuvem escura. A primeira foi que Annie Wilkes tinha bastante analgésico. A segunda, que ela era viciada em analgésicos. A terceira foi que Annie Wilkes era perigosamente louca. Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie Wilkes, que surge em seu caminho.A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo.


Olá pessoal!
Hoje eu vim aqui pra poder falar desse livro incrível do Stephen King. Eu passei a última semana falando loucamente sobre esse ele em todas as redes sociais e não via a hora de chegar aqui e poder falar livremente sobre o que eu achei dele.

Depois de um acidente de carro, o escritor Paul Sheldon se vê acordando na casa de uma desconhecida, Annie Wilkes, que se diz sua fã número um. Ter sido levado para sua casa e não para um hospital já deixa bem claro o tipo de pessoa com o qual ele está lidando, alguém que não está dentro dos padrões normais.


"- Meu nome é Annie Wilkes. E eu sou...- Eu sei - disse ele. - Você é minha fã número um.- Sim - respondeu ela, sorrindo. - É isso mesmo que eu sou"(Misery - Stephen King)

Annie Wilkes é uma personagem extremamente bem construída, as suas mudanças de humor, os motivos para suas escolhas, todo o entorno dela é completamente normal se não fosse um tanto quanto louco. Depois de descobrir que o seu autor favorito mata a personagem que ela tanto ama, nada seria mais normal do que sua missão fazer com que ele resolva esse problema e escreva um livro novíssimo para ela, enquanto está "hospedado" em sua casa.
Paul Sheldon não tem outra alternativa a não ser ceder aos planos loucos de Annie para que possa sobreviver. 
Quando o personagem escreve o livro novo, King nos dá um presente ao descrever minuciosamente os processos criativos e a forma como um escritor pensa, pode parecer algo monótono, mas é incrível a forma como ele o faz. 


"Este outro processo - TENTAR TER UMA IDEIA - não tinha nem um pouco daquele glamour, mas era tão misterioso... e tão necessário quanto. Porque quando você escrevia um romance, quase sempre aparecia um bloqueio em algum ponto, e não fazia sentido continuar até se TER UMA IDEIA."(Misery - Stephen King)

Ao longo do livro, podemos perceber como o ser humano faz qualquer coisa para poder sobreviver e como um psicopata é inteligente. Annie Wilkes é maléfica e para conseguir aquilo que ela quer, é capaz de qualquer coisa. Qualquer coisa mesmo.
É uma estória viciante, porque a todo momento você quer saber como o autor vai conseguir sair das garras de Annie e se ele vai conseguir. 
Outro ponto muito interessante é que o King nos mostra trechos do livro que o personagem está escrevendo, ou seja, além de escrever um livro para a gente, outro foi pensado para estar presente na estória fez sentido?, nos mostrando mais uma vez o quão bom autor ele é.

Depois que terminei de ler o livro, resolvi assistir ao filme para poder comparar, então vou falar aqui pra vocês o que achei dele em relação ao livro. Segue o trailer para vocês darem uma olhada:



Eu gostei do filme, ele segue bem à risca os acontecimentos, apesar de não ter sido posta duas das melhores cenas do livro, isso não fez com que o filme perdesse pontos.
A atuação da atriz Kathy Bates, que interpretou a Annie, foi ótima, e extremamente merecido o Oscar que ela ganhou com o papel, porém, eu não gostei muito da atuação do James Caan, que fez o Paul Sheldon, ele não conseguiu me passar o sofrimento que as cenas do filme pediam, pra mim, faltou muita emoção da parte dele.
Tem frases do filme que são idênticas ao livro, o que pra mim foi ótimo, já que os diálogos do livro são maravilhosos. Eu acho que o filme funciona tão bem tanto como uma adaptação quanto como um filme independente, porque independente de ter lido ou não o filme é muito fácil gostar dele, o diretor conseguiu adaptar muito bem o clima do livro.

Pessoas do meu coração, recomendo muito a leitura do livro, se você ainda não leu nada do Stephen King esse é um ótimo livro para conhecer e se apaixonar por ele. E caso se interessem, assistam ao filme também, é muito bom.
Espero que tenham gostado dessa resenha, então deixa aqui nos comentários o que vocês acharam e se ficaram afim de ler o livro também.
Até o próximo post :*



You May Also Like

20 comentários

  1. Legal, sou muito fã dos livros do King mas esse é um dos que eu não tive a oportunidade de ler ainda. Mas gostei da resenha (nem sabia que tinha filme do misery), acho os livros do King muito bons por construir personagens tão marcantes.
    Abraços
    naciadelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stephen King é maravilhoso! Fiquei muito fã dele com O Iluminado, depois perdi um pouco o interesse com Sob a Redoma, mas esse livro.. Me conquistou mais uma vez <3
      Sim, o filme é antigo, e por ter o nome diferente, muita gente não sabe que tem, eu só soube porque me contaram hahaahahah

      Beijos

      Excluir
  2. Oláá!
    Eu vejo muuuuitas resenhas legais do livros do King e meu coração fica partido ahahh
    Porque eu sou medrosa, eu não aguento ler história com psicopata não ahha O que é péssimo, porque todo mundo fala o quanto ele é genial, haha mas enfim.
    Adorei sua resenha miga♥

    Um beijo,
    Paloma
    surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa!
      hahahahaahahah te entendendo, mas eles não são assustadores, juro! Você pode ficar chocada com diversas cenas, mas (pelo menos até hoje) nenhum livro dele me fez ficar com medo...
      Quem sabe você não tenta algo mais light dele? Pode ser que funcione hahaha

      Obrigada ♥
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei a resenha e também por ter feito uma comparação com o filme. Realmente psicopatas são inteligentes e envolventes, achei o livro e o filme interessantes. Gostaria de ler o livro primeiro mas como não vai dar agora, vou ter que fazer o inverso que costumo fazer, ver o filme para depois ler o livro. bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ♥
      São muito envolventes mesmo, tem horas que você consegue até entender a forma como a Annie pensa hahaha

      Ah, que pena, mas acredito que você vá gostar dos dois, independente da ordem

      beijos

      Excluir
  4. Meu Deus, o tanto de resenha do King que eu li recentemente só me faz crer que preciso ler algum livro dele logo! hahaha E já fiquei super a fim de ler esse que você resenhou. Nossa que história! Meu Deus, e que incrível ter um livro sendo escrito dentro do livro. AI gente, já adicionei na minha lista de "quero ler" rsrs
    Parabéns pela resenha!
    Beijos!
    Tamara

    Blog Tamaravilhosamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito incrível mesmo! Dá pra imaginar a imaginação desse cara? ahahahah
      Obrigada ♥
      Beijos

      Excluir
  5. Oláá Lo
    Ainda não li nenhum livro do autor (pasme), mas é pq minha lista é interminável mesmo aksoaskpaksoaks
    E qdo for ler pretendo começar com esse por causa do que falou no finalzinho da resenha direcionado as pessoas cm eu q ainda não leram um livro do autor haha
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elo
      hahahaha que linda que vai seguir minha dica, espero muito que você curta tanto quanto eu!

      beijos

      Excluir
  6. Nossa, é livro parece ser incrível mesmo. Nunca li nada do autor, mas como você disse acho que seria uma boa começar por esse livro.
    Gostei muito da história do livro, esse negócio de fã obsessivo é meio preocupante. Já vimos na vida real casos que não terminaram nada bem.
    Olha, gostei de saber que o filme segue a mesma lógica que o livro, é muito decepcionante quando um livro ótimo possui uma horrível adaptação cinematográfica.
    ótima, resenha, gostei muito.
    Beijos.
    http://www.livrofilia.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom isso né? Quando o filme não decepciona, é tudo o que um leitor quer na vida haahah

      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  7. Os livros de King são difíceis de adaptar pelo cinema pela riqueza de detalhes, terror e sofrimento que o autor coloca. Fica mais fácil de imaginar, não?! Me lembro que li o Iluminado, fiquei com tanto medo que demorei semanas para conseguir dormir no escuro! Bons autores fazem isso com a gente!

    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Ele trata e detalha o psicológico do personagem de forma tão vívida que, infelizmente, acaba se perdendo um pouco na adaptação.

      O Iluminado ♥
      beijos

      Excluir
  8. Olá,
    Ainda não li nenhum livro do autor (sou de outro mundo), mas sou louca para conhecer a sua escrita.
    As capas de seus livros sempre me fascinam.
    Gostei bastante da resenha e me deixou com mais curiosidade ainda para ler.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita dele é sensacional, inteiramente envolvente.
      hahahaah que delícia, tomara que você goste tanto quanto eu

      Beijos

      Excluir
  9. Por enquanto a única coisa que li do King foi um conto: O Fantasma. Gostei bastante.
    Tenho planos de ler toda a obra dele, em ordem cronológica.
    Um que muito me interessa é o Rage (sonho de consumo). Mas Misery também está na lista, obviamente. Só leio resenhas positivas quanto ao livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho planos de ler todas as obras dele! mas tenho tantos outros livros pra ler também, que nunca sei qual escolher pra ler hahaahah
      Não conheço esse, mas vou procurar agora!

      Beijos

      Excluir
  10. Nunca li nada do King, mas ouço falar tão bem dele que tenho muita vontade. E esse livro... Vamos combinar, quem nunca quis fazer o que a Annie fez com o autor? Imagine como os fãs de Game of Thrones se sentem? Eu mesma quis meter uns tapas na J.K. Rowling várias vezes e sequestrá-la para reescrever algumas coisas NJOASNJOASNJOAS
    Brincadeira gente, não tenham medo de mim .-.
    Adorei a resenha e já anotei o nome do livro para ler <3
    Beijos;*

    It's Geekly | @wendyfaquim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito bom, recomendo mesmo!
      hahahahahaha todos nós temos um pouquinho da Annie com a gente né? É mal de leitor :P

      Obrigada ♥
      Beijos

      Excluir

Olá pessoal! Sejam bem vindos à nossa seção de comentários, a opinião de vocês é de extrema importância para nós e vamos adorar ler cada comentário, mas claro, nunca se esqueçam de que gentileza gera gentileza ♥