Resenha: Bando de Pardais

by - segunda-feira, janeiro 02, 2017

resenha-bando-de-pardais-hora-da-leitura

Olá pessoal! Como estão?
Hoje eu tô aqui pra trazer mais uma resenha para vocês comemorem.
Como se não bastasse eu ter um monte de livro em casa para ler, eu peguei mais um emprestado que foi uma indicação de um amigo e eu me apaixonei. Sério, conheci um pouquinho melhor sobre o Japão e sua cultura, então vem conferir o que eu achei desse livro.

O livro se passa no Japão no século XIX, depois de dois séculos fechados para o mundo exterior, o país é forçado a receber os estrangeiros em suas terras, nesse palco de choque cultural entre o Japão e civilização ocidental, temos o personagem Genji, um aristocrata e Grande Senhor das terras de Akaoka, sua família possui uma maldição de que a cada geração alguém nasceria com o dom da previsão, e nessa geração Genji é o escolhido e ele sonha que sua vida será salva por um estrangeiro no ano novo. A invasão do Ocidente traz consigo Emily Gibson e Matthew Stark, ambos tentando encontrar no Japão uma redenção, liberdade de seus tormentos e uma vingança que é há muito esperada.
Genji recebe Emily e Matthew em seu castelo em Edo, para acolhê-los enquanto eles realizam sua missão de disseminar A Palavra da Verdade, ou seja, a religião católica, no território japonês, porém, sua missão é deixada em segundo plano quando navios estrangeiros começam a atacar os castelos de Edo; buscando manter a si e aos seus hóspedes à salvo da guerra iminente, Genji parte com seus guerreiros e seus hóspedes rumo ao seu refúgio nomeado Bando de Pardais sem esperar uma ordem direta do Xogum. É nesse momento que Kawakami percebe a sua chance de matar seu inimigo sem precisar responder por seus atos depois, afinal, Genji não estava agindo sobre a ordem direta do Xogum. Em meio à um campo de batalha, nós conhecemos melhor cada um dos personagens e sua importância na história, ataques, emboscadas, guerras e sangue muito sangue, acompanha os personagens até o seu destino.

Takashi Matsuoka nos traz um choque cultural que é extremamente interessante, de um lado temos o Japão, acorrentado às suas tradições, e os Estados Unidos, com a tendência de querer implantar sua cultura, e isso fica bem visível em uma questão simples como a forma de guerrear, os americanos com um poder bélico altamente desenvolvido em comparação aos japoneses, estes presos em sua tradição das lutas samurais e da honra de morrer na guerra. Esse choque é bem visível também em outros âmbitos, como as vestes, a noção de beleza, o comportamento, o sexo, e, claro, a religião; esse foi um dos aspectos que mais me encantou no livro, poder conhecer um pouco mais sobre a cultura japonesa e toda a sua excelência foi algo muito bom pra mim.


resenha-bando-de-pardais-hora-da-leitura

O livro me conquistou como um todo, os personagens são extremamente bem construídos, todos eles possuem uma história, e é possível ver como elas influenciam diretamente na sua forma de agir, pensar e na evolução deles ao longo do livro, o Genji é um personagem tão cativante, ele é engraçado, desenvolto, revolucionário e faz com que a gente pense um pouquinho que não tem problema nenhum abraçar aquilo que é diferente pra gente, ele não nega suas tradições, mas também não nega que é importante o convívio com outras culturas. O Matthew cresce ao longo do livro, um personagem quieto, centrado e um dos melhores atiradores dos EUA, quando ele chega no Japão você se pergunta exatamente o porquê dele estar ali, mas conforme vai avançando na leitura, ele se torna importante dentro do seu propósito. Emily é uma personagem muito bem construída, seu passado e sua beleza a atormentam de forma terrível, ela vai ao Japão no intuito de disseminar a palavra de Deus e conseguir viver sem que sua beleza lhe traga problemas, ela é uma personagem doce, fiel, leal, que possui uma fé arrasadora e que conquista a gente aos poucos. Heiko, gueixa de Genji, é a personagem mais paradoxal do livro, seu amor por Genji é o que define sua vida, porém, ela também tem um passado e uma vida que ela esconde e ela precisa decidir qual dos dois caminhos ela vai seguir. Existem outros personagens, o autor nos apresenta muitos, muitos mesmo, mas vou me abster de falar de todos aqui.

O autor escreve de forma bem clara, e algo que eu gostei na sua escrita é que ele descreve o mesmo acontecimento de pontos de vista diferentes, por exemplo, tem uma cena em que Genji vai buscar o seu tio Shigeru no templo em que ele está vivendo, o autor narra a cena deles conversando e tudo mais e o Genji sai da sala, depois ele retorna àquela mesma cena do ponto de vista do Shigeru e de como a visita de seu sobrinho é importante para ele. Eu simplesmente adorei essa forma de apresentar a história, ficou genial. E se você está se perguntando se ficou muito repetitivo, eu particularmente não achei, pelo contrário, o livro ganhou mais vida e mais força de detalhes por causa desse recurso.

Eu falei um pouco ali em cima o quão interessante foi conhecer um pouco mais da cultura japonesa, o autor nos apresenta de forma natural, através da forma como eles dizem as horas, como eles se sentam no chão, a hierarquia de um senhor para com o seu servo e também as hierarquias sociais, a honra sendo o pivô de ações e consequências, as vestes que possuem cada uma um significado, a morte que é vista de forma tão linda, morrer não é um martírio mas é uma graça, morrer com honra é um privilégio que todos buscam. Foi extremamente enriquecedor e eu recomendo à todos que queiram uma palhinha da cultura japonesa.

Eu vou parar essa resenha por aqui, pois ela já está enorme, eu amei demais o livro gente e recomendo mesmo a leitura, alguém ai ficou a fim de ler ou já leu? Conta aqui pra mim nos comentários.
Até o próximo post :*

You May Also Like

33 comentários

  1. adorei a resenha
    estou doida para ler o livro
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não conhecia o livro, achei tão interessante a história! Bem legal o autor te inscrito um pouco mais sobre essa cultura, que é fascinante! Sua resenha é muito bem escrita e com ótimos detalhes...<3
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito interessante Fran, recomendo muito, enriquece a gente ao longo da leitura.
      Obrigada ♥
      Beijos

      Excluir
  3. Oi lindona, tudo bem? poxa que resenha maravilhosa, já havia ouvido falar sobre esse livro, mas foi bem superficial, coisa de se ouvir na rua, haha quando vi seu post logo lembrei, e acabou que você me causou a curiosidade de ler ele, principalmente pelo fato de ser uma cultura diferente. Ainda volto aqui e te conto o que achei, sucesso <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda ♥
      Volta sim e me conta! Espero que goste tanto quanto eu
      Beijos

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Muito massa o tema do livro e eu vi logo de cara que o autor é oriental, já curti, porque gosto muito de cultura oriental. Gostei de falar do lance de choque de culturas e tal, eu tenho maior vontade de conhecer o Japão. Bjo!

    www.pandapixels.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Japão é muito amor né? Sou louca pra conhecer também
      beijos ♥

      Excluir
  6. Que legal o autor abordar um pouco sobre a cultura oriental. Assim viajamos para o outro lado do mundo em uma leitura. Gostei bastante do gênero e vou colocar na lista de livros que vou procurar na biblioteca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! a melhor parte de ler um livro: viajar sem sair do lugar.
      Espero que goste tanto quanto eu
      beijos

      Excluir
  7. Olá!
    Confesso que ainda não conhecia o livro, mas só de ler o título, ele já me chamou atenção.
    Eu sou apaixonada pela cultura japonesa e acho que seria uma experiência incrivel essa leitura!
    Amei a resenha! Super completa!

    Beijos,
    Vitória Abdalla
    Escritora por um Acaso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vitoria
      Se você é apaixonada pela cultura japonesa então você vai amar, fica a dica aí e se joga ;)
      Beijos

      Excluir
  8. Linda resenha, muito bem construida. Não conhecia e fiquei com vontade de conhecer, porque ainda por cima tem um pouco da cultura oriental, pela qual sou apaixonada. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sarahli
      Se joga também, espero que curta bastante
      beijos

      Excluir
  9. Parece um livro bem interessante, adoraria saber mais sobre a cultura japonesa, o pouco que sei é baseado em animes. Gostei de saber que os personagens são bem desenvolvidos e cada um tem sua história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Animes ♥
      Se joga, e espero que você curta
      beijos

      Excluir
  10. Não conhecia o livro e nem o autor! Gosto muito de histórias que contam um pouco sobre outras culturas, costumes e etc! Você deixou tudo muito bem explicadinho e deu pra perceber o quão legal e fascinante a história é. Parabéns, beijos e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  11. Sou uma curiosa da cultura japonesa sabe? Adoro tudo que a envolve. Confesso que esse livro eu ainda não tinha visto mas me interessei em ler. Gostei de como vc conduz uma resenha. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro foi um achado! Leia sim e espero que goste.
      Obrigada ♥
      beijos

      Excluir
  12. Que resenha maravilhosa, por alguns instantes viajei imaginando a história do livro *-* quero para já!
    Beijos,

    www.blogbelacombatom.com

    ResponderExcluir
  13. Achei sua resenha muito bem escrita,mas eu particularmente,não me interesso muito por esse gênero textual,mas pra quem gosta a história parece ser bem legal.Mas um fato que me deixou um pouco curiosa foi a data que o livro se passa,quem sabe eu compre pra experimentar novos gêneros.Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, vai que você gosta né? Já tem a dica hahaha
      Beijos

      Excluir
  14. Haha amei seu post, bem contadinho a história, não conhecia o livro mais achei bem interessante, fala um pouco sobre a cultura japonesa acho isso bem legal. Beijos Sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda
      É muito bom, recomendo bastante
      Beijos

      Excluir
  15. Menina, que resenha super completa!!!! Esses livros que envolvem uma história de choque cultural são ótimos! A história parece ser super interessante e bem diferente do que estou acostumada a ler. Com certeza vou dar uma chance depois <3

    Beijos,

    www.rodoviadezenove.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma chance sim, eu dei e não me arrependi!
      beijos

      Excluir
  16. Pois da uma vontade enorme de pegar e ler. Adoro livros que mostram a cultura de um lugar, que trazem elementos que fazem a gente visualizar um espaço, uma cena, uma acontecimento e principalmente, faz a gente conhecer histórias de pessoas e com a leitura, ir entendendo os sentimentos daquela pessoa, só o livro permite isso, porque na vida, a gente não tem acesso a nada que está dentro do coração de alguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está certíssima Julianne, esse livro é exatamente assim, e só livro pra poder proporcionar isso pra gente né?
      Beijos

      Excluir
  17. Oiiii...

    Não conhecia o livro ainda, e confesso que não é o meu gênero preferido. Mas a resenha está tão boa que fiquei curiosa de ler! Obrigada pela resenha.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que maravilha! Concluí meu trabalho com sucesso então hahaha
      Obrigada pela visita linda
      Beijos

      Excluir

Olá pessoal! Sejam bem vindos à nossa seção de comentários, a opinião de vocês é de extrema importância para nós e vamos adorar ler cada comentário, mas claro, nunca se esqueçam de que gentileza gera gentileza ♥