10 Frases Marcantes de Dom Casmurro

by - quarta-feira, fevereiro 15, 2017


Olá pessoal!
Como vocês sabem, eu sou estudante de Letras - Literaturas, sempre fui apaixonada por literatura, mas nunca pela brasileira, porque ela sempre me pareceu chata; porém depois de entrar na faculdade e começar a estudar a Literatura Brasileira, eu me apaixonei e um dos autores responsáveis para que isso acontecesse foi Machado de Assis.
Resolvi me aventurar por um dos maiores clássicos e não me arrependi, Machado tem um estilo de escrita que é maravilhoso e ele te carrega por todo o enredo de forma leve, até que no final ele te joga de um precipício emocional no qual você precisa decidir se o que ele te disse é verdade ou não.
Por esse motivo, resolvi juntar aqui nesse post as frases do livro que mais me marcaram ao longo da leitura.

"Naquele instante, a eterna Verdade não valeria mais que ele, nem a eterna Bondade, nem as demais Virtudes eternas. Eu amava Capitu! Capitu amava-me! E as minhas pernas andavam, desandavam, estacavam, trêmulas e crentes de abarcar o mundo. Esse primeiro palpitar da seiva, essa revelação da consciência a si própria, nunca mais me esqueceu, nem achei que lhe fosse comparável qualquer outra sensação da mesma espécie. Naturalmente por ser minha. Naturalmente também por ser a primeira." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 116)

"[...] e proferi outras ameaças. Ao relembrá-las, não me acho ridículo; a adolescência e a infância não são, neste ponto, ridículas; é um dos seus privilégios. Este mal ou este perigo começa na mocidade, cresce na madureza e atinge o maior grau na velhice. Aos quinze anos, há até certa graça em ameaçar muito e não executar nada." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 128)


"Retórica dos namorados, dá-me uma comparação exata e poética para dizer o que foram aqueles olhos de Capitu. Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá ideia daquela feição nova. Traziam não sei quanto fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 159)

"O alvoroço da primeira hora é melhor; esse estado da alma que vê na inclinação do arbusto, tocado do vento, um parabéns da flora universal, traz sensações mais íntimas e finas que qualquer outro." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 174)

"Fosse o que fosse, o meu braço continuou a apertar a cintura da filha, e foi assim que nos pacificamos. O bonito é que cada um de nós queria agora as culpas para si, e pedíamos reciprocamente perdão. [...] Era amor puro, era efeito dos padecimentos da amiguinha, era a ternura da reconciliação." ( Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 190)

"As andorinhas vinham agora em sentido contrário, ou não seriam as mesmas. Nós é que éramos os mesmos; ali ficamos somando as nossas ilusões, os nossos temores, começamos já a somar nossas saudades." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 191)

"Ora, só há um modo de escrever a própria essência, é contá-la toda, o bem e o mal. Tal faço eu, à medida que me vai lembrando e convidando à construção ou reconstrução de mim mesmo." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 234)

"Os instantes do diabo intercalavam-se nos minutos de Deus, e o relógio foi assim marcando alternativamente a minha perdição e a minha salvação." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 324)

"- E era inocente, vinha eu dizendo rua abaixo; - que faria o público, se ela deveras fosse culpada, tão culpada como Capitu? E que morte lhe daria o mouro? Um travesseiro não bastaria; era preciso sangue e fogo, um fogo intenso e vasto, que a consumisse de todo, e a reduzisse a pó, e o pó seria lançado ao vento, como eterna extinção..." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 348)

"Agora, por que é que nenhuma dessas caprichosas me fez esquecer a primeira amada do meu coração? Talvez porque nenhuma tinha os olhos de ressaca, nem os de cigana oblíqua e dissimulada." (Machado de Assis, Dom Casmurro, pág. 367)


Foi extremamente difícil escolher 10 frases, porque Machado de Assis é incrível e tudo nesse livro é maravilhoso. Alguém ai já se aventurou por esse livro ou ficou com vontade depois de ler esse post? Conta pra mim aqui nos comentários. Até o próximo post :*

You May Also Like

6 comentários

  1. Muito interessante este livro... Me deliciei em cada página. A leitura é avassaladora de tão boa. Dom casmurro minha inspiração para ler as belíssimas obras do grande Machado de Assis.
    Adorei o post, e as frases foram escolhidas da melhor forma possível. A 6° amei, frase preferida!! PARABÉNS!!!!

    ResponderExcluir
  2. Com certeza Cassia, Machado ganhou um espaço no meu coração com esse livro e agora tenho vontade de ler todos dele hahahaha.
    Obrigada linda, volte sempre aqui no blog.
    Beijos 😘

    ResponderExcluir
  3. Da época de escola era meu autor preferido, beijos

    ritinhaangel.com.br

    ResponderExcluir
  4. Vão jogar pedras em mim, mas nunca li nada do Machado KKKK
    Não é por nada além de que minhas leituras são bem diferentes, e realmente acho que não gostaria. :/

    ResponderExcluir
  5. A leitura das obras de Machado de Assis e outros autores, clássicos da literatura,eram obrigatórias no meu período escolar.
    No antigo primário e ginásio, li quase toda obra de Machado de Assis, que se tornou um prazer.
    Até hoje releio as grandes obras de outros autores também.
    De tão encantadoras, acabam fazendo parte de nossas vidas e da nossa fala, ao repetirmos frases marcantes.
    Maravilhoso seu trabalho. Inclua outros livros e autores também.
    Estarei visitando seu blog com frequência.
    Parabéns !!! ❤️❤️❤️

    ResponderExcluir

Olá pessoal! Sejam bem vindos à nossa seção de comentários, a opinião de vocês é de extrema importância para nós e vamos adorar ler cada comentário, mas claro, nunca se esqueçam de que gentileza gera gentileza ♥